O Palmeiral de San Antón ORIHUELA


Alojamento

Alojamento

Destinohttps://orihuela.costasur.com/pt/index.html

Destino

Temos o guia mais detalhado do teu destino, pelo que se procuras informação, encontraste a melhor fonte...

Autocarroshttps://orihuela.costasur.com/pt/horarios-dos-autocarros.html

Autocarros

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Carroshttps://orihuela.costasur.com/pt/alugar-carro-rent-a-car.html

Carros

Desmistificando: alugar um carro não é caro. Decobre o preço a que pode sair durante as tuas férias com a Costasur.

Alugar

Comboioshttp://trenes.rumbo.es/msr/route/searching.do

Comboios

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Vooshttp://vuelos.rumbo.es/vg1/searching.do

Voos

NO HAY RESULTADOS
NO HAY RESULTADOS

Paque de estacionamentohttps://orihuela.costasur.com/pt/estacionamento.html

Paque de estacionamento

Precisas de deixar o teu carro nalgum aeroporto?. A Costasur tem a melhor oferta do mercado, a preços sem concorrência.

Procurar Aeroporto

Ferryhttps://orihuela.costasur.com/pt/ferry.html

Ferry

Procuras um ferry? Ao passar o barco digo ao barqueiro, na Costasur quase não custa dinheiro... Não procures mais, aquí temos quase todos.

Vamos pirata!

https://orihuela.costasur.com/pt/as-actividades-recreativas.html

Propomos-te opções para evitar o tédio, usa o nosso motor de busca de atividades e faz algo diferente nas tuas férias!

Procurar atividades

O palmeiral de San Antón é a oportunidade perfeita para poderes descobrir uma grandiosa obra da antiguidade com efeitos assombrosos nos dias de hoje e com implicações no turismo urbano da cidade de Orihuela e no turismo rural deste município.

Acredita-se que o palmeiral de San Antón foi criado pelos primeiros habitantes Muçulmanos após a conquista de Orihuela.

Para se entender o palmeiral de San Antón em primeiro lugar deve-se perceber qual o motivo porque foi feito, como se iniciou, quais foram os motivos, etc. palmeiral de San Antón é o segundo em importância imediatamente após o Palmeiral de Elche.

Os Árabes seguiram a mesma táctica de protecção e aumentaram a plantação e rapidamente se criou um grande sistema de rega para regar a " Horta de Orihuela ", o que produziu inevitavelmente o próprio palmeiral. Na actualidade este palmeiral encontra-se ainda nos sulcos de algumas valas de irrigação como a de Almoradí, a de Callosa, dos Azarbes, de El Escorratel e de Las Fuentes.

Além disso, este palmeiral era regado por um pântano junto do monte de San Miguel que foi transformado num balneário no século XIX.

A forma do palmeiral de San Antón está muito influenciada pelo lugar onde o mesmo surgiu, ao abrigo da serra de Orihuela a norte, o monte de San Miguel a sul e o Oriolet a oeste. Este palmeiral têm uma forma de meia lua o que o converte num ecossistema único, tanto pela sua forma como pelo facto de estas abrigado por uma montanha e fazendo fronteira com a Huera de Orihuela que inclusivamente ocupa uma grande parte da sua superfície. Todas estas características converteram deram a este palmeiral um sistema único de agricultura ao que se deve acrescentar o seu carácter histórico e a engenharia nos vales de irrigação criados pelos Muçulmanos.

Parte do palmeiral de San Antón é propriedade municipal. No entanto algumas partes são de propriedade privada. Nos dias de hoje o interesse do Ayuntamiento será adquirir a totalidade dos terrenos deste palmeiral e acrescentar um grande número de palmeiras da espécie Phoenix dactylifera, evitando que surjam outras espécies importadas que nada têm a ver com o palmeiral de San Antón. O ayuntamiento também pôs em marcha um singular sistema de custódia dos terrenos onde a um preço simbólico os habitantes de Orihuela possam realizar o cultivo ecológico de verduras e de outros produtos típicos da Vega Baja.

Além disso, foi proibida a recolha das folhas de palmeiras de todo o município, que eram habitualmente recolhidas para os festejos da festa de Las Palmas no Domingo de Ramos, situação que prejudicava fortemente o crescimento normal das palmeiras.

Alguns exemplares têm mais de 300 anos. Devemos ter em conta que a palmeira têm uma vida média de 250 a 300 anos. As palmeiras que compõem este bosque são da mesma espécies que as dos palmeirais do Médio Oriente, Arábia Saudita e Irão. Apenas no mês de Dezembro dão fruto e algumas das espécies aqui existentes são de origem tropical.

A diferença entre o palmeiral de Elche é o facto deste não ter sido prejudicado pelo crescimento da cidade, já que a mesma cresceu em direcção a sul, oeste e este o que permitiu a sobrevivência desta paisagem.

Devido ao facto do palmeiral de San Antón contar com características tão singulares, está candidatado a receber o título de Património da humanidade.


Por isso, são muitas as coisas que poderás ver e fazer no palmeiral de San Antón, deste rotas para caminhadas, passeios de bicicleta, safarias fotográficos, turismo ecológico, turismo etnográfico ou apenas passeios calmamente fora da agitada cidade de Orihuela. Vêm conhecer o palmeiral de San Antón.

Outros sítios e alternativas Costasur

Páginas semelhantes de outros destinos
Outras páginas deste destino
  • Array
Etiquetas